R. A. U. 2 0 1 6


R.A.U. 2016 (ano base 2015)

Estamos divulgando ao lado o link para que as casas espíritas de nosso estado possam responder o Relatório Anual Unificado - RAU, elaborado pela diretoria executiva da FERGS.


Como fazer ?

Você deve preencher o modelo para coleta dos dados, após a coleta de todos os dados, acesse o link ao lado esquerdo da tela e preencha o RAU 2015 on-line.

A Secretaria da FERGS não receberá o RAU por escrito, os presidentes de Uniões deverão fazer a digitação para aquelas instituições que necessitarem de auxílio.


Dicas importantes
  • Quando estiver digitando não use a tecla "enter" pois ela envia o formulário.
  • Para saltar de um campo para outro use a tecla "tab".
  • Ao final de cada página você pode continuar ou voltar para página anterior se desejar corrigir erros.
  • Somente na última página haverá o botão enviar, somente ao clicar neste botão o formulário será salvo.
  • Ao clicar no botão enviar deve aparecer a tela com a mensagem "Sua resposta foi registrada"
  • Se dentro de quatro dias o nome da instituição não aparece na lista entre em contato com secretaria.cfe@fergs.org.br
  • Após clicar no botão enviar não é possível corrigir os dados salvos.
  • Se a mesma instituição responder ao RAU mais de uma vez será sempre considerado o último como válido.
  • A lista de instituições que entregaram é manual, após conferência o nome da instituição é colocado na lista em até 3 dias.
Vantagens em responder este relatório:
  • Padronização nas informações obtidas de todas as instituições gaúchas
  • Possibilidade de tabulação e comparação dos dados obtidos
  • Rapidez e agilidade já que os dados estão salvos em servidor sempre on-line
  • Possibilidade de consulta por União ou Região
  • Não existe a necessidade de impressão gerando menor impacto ambiental
  • Redução no envio de "pesquisas" por departamentos
  • Facilidade no cumprimento de uma disposição regimental, dispensando outros relatórios.

Porque o prazo de 30/Junho ?

Precisamos de 45 dias para as tabulações finais após a entrega, assim os dados podem ser usados pela diretoria executiva no início do segundo semestre.

Nosso ideal é que possamos reduzir este prazo nos próximos anos conforme as instituições se organizem para a coleta de dados.